quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Biscuit

Quem nunca gostou de brincar com massinha quando criança? Fazer monstrinhos, bichinhos e qualquer coisa que nossa imaginação quisesse?

Hoje em dia podemos usar o biscuit pra fazermos desde lembrancinhas para festas até bonecos para enfeitar nossos quartos e afins. Esses dias comecei a trabalhar com biscuit e resolvi compartilhar com vocês.

Receita da Massa

Você pode optar por fazer a massa no microondas ou no fogão.

No fogão:

Ingredientes
-1 xícara de amido de milho
-1 xícara de cola branca
-Creme para Biscuit
-Uma panela antiaderente
-Colher de pau

Modo de fazer
Na panela anti-aderente, misture o amido de milho com a cola e mexa bastante até o amido se incorporar à cola e ficar parecendo um marshmallow líquido, não deixe nenhuma bolinha de amido, tem que ficar bem lisinho!
Leve ao fogo brando e mexa sem parar com uma colher de pau até a massa soltar do fundo da panela. Não incorpore à massa aqueles restinhos que ficarem grudados nos lados e no fundo da panela!!
Espalhe um pouco de Creme para Biscuit numa superfície lisa e fria (uma mesa de mármore por exemplo) coloque a massa pronta em cima do Creme e sove-a durante vários minutos, enquanto ela ainda está quente. Depois, coloque a massa num saquinho plástico bem fechado (eu embrulhei-a num plástico insul-film de cozinha e depois guardei num zip-loc) e deixe para usá-la apenas no dia seguinte.

Microondas

Ingredientes
-1 xícara de amido de milho
-1 xícara de cola branca
-2 colheres de sopa de vaselina líquida
-1 colher de sopa de vinagre branco
-1 colher de sopa de Creme para Biscuit
-Tigela de vidro
-Colher de pau

Modo de Fazer
Na vasilha de vidro, misture o amido com a cola branca e mexa até o amido se incorporar à massa de modo que fique parecendo um marshmallow, deixe bem lisinho, sem sobrar nenhuma bolinha de amido. Acrescente a vaselina e misture bem. Coloque o vinagre branco e misture.

Coloque no microondas por um minuto na potência máxima. Tire do microondas e mexa um pouco, é possível que a mistura esteja bem líquida. Coloque novamente no microondas por uns 30 segundos, tire e mexa novamente. Vá fazendo isso até que a massa esteja no ponto, ou seja, quando estiver cozida em cima e embaixo tiver um pouco de cola mole.

O tempo que você vai deixar no microondas depende um pouco de cada aparelho, pode ser que precise de mais ou de menos, portanto, preste atenção na primeira vez o tempo que você usar, para acertar nas vezes seguintes =)

Coloque a massa num saquinho plástico bem fechado (eu embrulhei-a num plástico insul-film de cozinha e depois guardei num zip-loc) e deixe para usá-la apenas no dia seguinte.

Para colorir a massa

Colorir a massa é super fácil e bem divertido! Você pode usar tinta para tecido, tinta à óleo, anelina, corante xadrez, guache e tinta Camurcyl.

Basta colocar um pouco de tinta na massa e ir dobrando-a, amassando-a, tirando uns pedaços e incorporando-os novamente ao montante!

Logo mais postarei um vídeo de como colorir, e também venho com uns passo-a-passos para fazer uns bonequinhos bem divertidos! Aguardem!!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Lindo!!

Texto de Martha Medeiros

Para meus amigos que estão...SOLTEIROS
O amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá.
Mas quando menos esperar, ela está ali do seu lado.
O amor pode te fazer feliz, mas às vezes também pode te ferir.
Mas o amor será especial apenas quando você tiver o objetivo de se dar somente a um alguém que seja realmente valioso. Por isso, aproveite o tempo livre para escolher .

Para meus amigos...NÃO SOLTEIROS
Amor não é se envolver com a "pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos.
Não existem príncipes nem princesas.
Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.

Para meus amigos que gostam de...PAQUERAR
Nunca diga "te amo" se não te interessa.
Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.
Nunca toque numa vida, se não pretende romper um coração.
Nunca olhe nos olhos de alguém, se não quiser vê-lo derramar em lágrimas por causa de ti.

A COISA MAIS CRUEL QUE ALGUÉM PODE FAZER É PERMITIR QUE ALGUÉM SE APAIXONE POR VOCÊ, QUANDO VOCÊ NÃO PRETENDE FAZER O MESMO.

Para meus amigos...CASADOS.
O amor não te faz dizer "a culpa é", mas te faz dizer "me perdoe".
Compreender o outro, tentar sentir a diferença, se colocar no seu lugar.
Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores.
A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos;
mas sim o quanto nesses anos vocês foram bons um para o outro.

Para meus amigos que têm um CORAÇÃO PARTIDO
Um coração assim dura o tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir.
Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom, mas não permita que ele chore para sempre.
Permita-se rir e conhecer outros corações.
Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar os outros, aprenda a viver sua própria vida.

A DOR DE UM CORAÇÃO PARTIDO É INEVITÁVEL, MAS O SOFRIMENTO É OPCIONAL!
E LEMBRE-SE: É MELHOR VER ALGUÉM QUE VOCÊ AMA FELIZ COM OUTRA PESSOA, DO QUE VÊ-LA INFELIZ AO SEU LADO.

Para meus amigos que são...INOCENTES.
Ela(e) se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade.
Mas pense que poderia ter acontecido com você. Seja sincero, mas não seja duro; não alimente esperanças, mas não seja crítico; você não precisa ser namorado(a), mas pode descobrir que ela(e) é uma ótima pessoa e pode vir a se tornar uma(um) grande amiga(o).

Para meus amigos que tem MEDO DE TERMINAR.
As vezes é duro terminar com alguém, e isso dói em você.
Mas dói muito mais quando alguém rompe contigo, não é verdade?
Mas o amor também dói muito quando ele não sabe o que você sente.
Não engane tal pessoa, não seja grosso(a) e rude esperando que ela(e) adivinhe o que você quer.
Não a (o) force terminar contigo, pois a melhor forma de ser respeitado é respeitando.

Pra terminar ...

Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata....
Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...
Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia saberemos que ser classificado como o "bonzinho" não é bom . .
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...
Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para dizer tudo o que tem que ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutar para realizar todas as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Sobre a lei antifumo

A partir da meia-noite do dia 7 de agosto começará a valer a lei antifumo no Estado de São Paulo. Confesso que fiquei contente ao saber da existência dessa lei, primeiramente porque eu não fumo mas toda vez que saio para algum lugar sou obrigada a fumar por tabela junto com as pessoas que acendem seus cigarros sem se importar se a pessoa do lado gosta ou não. Tudo bem, todos temos a liberdade de fazermos o que escolhemos, mas e a minha liberdade de não fumar? Se a fumaça não se espalhasse por todo o recinto, era outra história.

Sem contar também que quando vamos à um restaurante, barzinho, lanchonete e afins, antes de sairmos de casa tomamos um banho, colocamos uma roupa legal, passamos perfume, ou seja, saímos todos limpinhos e cheirosos, mas, em cinco minutos que entramos no local, alguém acende um cigarro e o cheiro, que não acho nada agradável, me desculpem, gruda em todo o seu ser, cabelos, roupas, até a roupa de baixo fica impregnada com o odor, todo o seu esforço de sair limpinho e cheiroso vai pro brejo. No dia seguinte, é preciso pendurar suas roupas no sol e deixá-las lá o dia todo, pra depois lavar, porque só assim pra se livrar por completo do odor.

E tudo isso é só uma parte do incômodo, não-fumantes acabam fumando por tabela, o que é pior. Ou seja, essa lei está protegendo os não-fumantes que não tem escolha de fugir do cigarro a não ser não frequentar lugares públicos, o que é meio difícil né.

Para saber sobre a nova lei: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2009/08/06/ult5772u4873.jhtm

domingo, 2 de agosto de 2009

Sinfonia Amazônica: o primeiro longa-metragem animado brasileiro

Dos dias 22/07 até 26/7 ocorreu em São Paulo, no Memorial da América Latina, a 17ª edição do festival Anima Mundi, onde são exibidos curtas e longa-metragens em animação, além de oferecer algumas oficinas e palestras. Nesta edição do festival, Márcia Latini foi representar os irmãos Latini, famosos artistas da década de 50 aqui no Brasil.

Durante essa palestra, foi exibida a primeira animação feita aqui na nossa terrinha, chamada Sinfonia Amazônica, exibida pela primeira vez em 1953, que mostra várias das lendas amazônicas.



Um pequeno documentário que precedeu a animação nos mostrou como ela foi feita. Anélio Latini Filho fez praticamente tudo sozinho, no total, foram 500 mill desenhos, feitos ao longo de seis anos. Para desenhar as plantas e os cenários, o desenhista tomou o cuidado de fazer uma minuciosa pesquisa no jardim botânico para que tudo saísse perfeito.

Senti muito orgulho ao ver a animação, não imaginava que algo tão antigo pudesse sair tão bem feito, fiquei pensando que deveria existir um museu exibindo as 500 mil ilustrações da animação, mas qual não foi minha surpresa quando a Márcia Latini disse que tudo havia se perdido. Uma indignação tomou conta dos meus pensamentos, como pode uma coisa tão histórica do nosso país ser tão desprezado por nossa própria cultura? Interessante que em outros países dão um valor muito grande para a animação, e o nosso mesmo não está nem aí, inclusive, a Márcia Latini está lutando aí para divulgar e restaurar o filme, que por pouco também não é perdido.

Acho que muitos nem sabiam que o Brasil já havia produzido um longa-metragem animado, eu pelo menos, nem tinha idéia. Segue o vídeo de como foi feita a animação, para que vocês, assim como eu, também fiquem orgulhosos de existir um artista brasileiro que se dedicou ao máximo para realizar um sonho e realizou um estupendo trabalho que é mundialmente reconhecido, menos por nós mesmos. Assistam, vale muito a pena!