quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

A Bela e a Fera

Este post não é sobre o desenho da Disney que eu assistia pelo menos uma vez por semana, nem sobre a peça teatral inspirada no mesmo. Quero falar com vocês sobre auto-estima.

Eu não vou mentir para ninguém, afinal, até hoje não conheci ninguém cego. Até meus 16 anos eu era um horror. Mas feia mesmo, um cabelão armadão que quase dava a volta na minha cabeça, igual o do Rolo, da turma da Mônica, cheia de espinhas no rosto, gordinha e não tinha o menor senso de estilo, ou seja, era brega mesmo! Mas eu tinha auto-estima! E como viu? Eu me achava muito linda e com isso me sentia bem comigo mesma, assim, eu era sempre alegre, animada, contente. Conhecem aquela história de lei da atração, que tudo que você pensa e a maneira como você age volta para você? Pois é, eu me achava linda, agia como se fosse linda e isso atraía a mesma atitude das outras pessoas.

O primeiro passo para se ter uma vida feliz é se sentir bem consigo mesmo certo? Muitas pessoas não tem a mínima auto-estima, se acham feias mesmo e vivem deprimidas por isso, e aí vai juntando com outras coisas até que tudo na vida dela se torna feio. As conversas, a personalidade, vive de cara fechada com aquela feição deprimida e tudo isso contribui com a feiúra dessa pessoa.

Lembram do desenho A Vaca e o Frango? Em um dos episódios, a vaca começa a chorar por se achar feia e o Frango, com intenção de consolá-la responde: "mas Vaca, alguém tem que ser feio para que outra pessoa possa parecer bonita!". Essa frase marcou muito! Todo mundo riu como se fosse uma mera piada, mas olhem a profundidade da coisa! É como a luz e a escuridão. Uma não existe sem a outra, mas posso ser bem sincera? Só é feio quem quer!

A beleza está nos olhos de quem vê. Velho ditado verdadeiro! No final das contas, tudo cai numa questão de gosto novamente. Eu acho a Julia Roberts feiosa, mas a maior parte do mundo realmente acha que ela é uma linda mulher. Por mais que alguém possa te achar feio, existe um outro alguém que pode te achar lindo, mas se você ficar se fazendo de vítima feiosa, é isso que você será mesmo! Eu sinceramente acho que ser lindo por dentro reflete por fora!!

Nossa! Acho que esse post ficou bem de paty mesmo né? Ahahaha, mas eu me inspirei para escrever sobre isso porque eu me lembro como é chato agüentar a zueira das pessoas. Eu me sentia linda, mas sabia que eu não era padrão de beleza nacional =D e se você não tiver auto-estima, você acaba permitindo que as pessoas te deixem mal e coisas como essas podem ser traumáticas e que te deixam um adulto estragado! O que me leva a mais um pensamento! Como as crianças são malvadas né? Ahahaha inocentes uma ova!!! XD

Um comentário:

Juliana Amaral disse...

ai tenho tanto que escrever mas não sei por onde começar.

As pessoas as vezes te minam só por causa da sua auto estima... por exemplo... eu passei uma adolescencia meio fodida.

POr exemplo eu sempre fui considerada a miss simpatia... minhas amigas me minavam pq eu era muito dada e isso era feio.

Eu sempre tirava as melhores notas e minhas amigas falavam "mas é nerrrrrds".

Eu era muito maloca, me vestia que nem mano. E isso de certa forma atraia os meninos... E sabe oque acontecia? Minhas amigas me ridicularizavam na frente dos outros... Tipo falavam "olha como vc ta gorda" e levantavam minha blusa pra mostrar minha barriguetes (agora vcs entendem o pq da anorexia).

Tipo... eu cresci meio que no complexo ahahaha. Só depois que eu eu percebi que na verdade tudo não passava de uma forma de minar tudo oque eu tinha de bom pq as pessoas eram ruins e não se destacavam. E eu sinto pena delas rs.

É por isso que hoje eu sou a metida master. Porque eu tenho defeitos mas eu gosto dos meus defeitos... Gosto das minhas qualidades, gosto de mim.

E quem quiser vir me cortar vai ter que virar a bundinha pq eu vou fazer a pessoa tomar no cú ahahahaha.

E tomar no cú gostoso. Ainda!