domingo, 3 de julho de 2011

Mulher Burra - Entenda por que sua inteligência diminui quando você se apaixona



Nesta quinta-feira, fui com um amigo assistir à comédia "Mulher Burra - Entenda por que sua inteligência diminui quando você se apaixona", no teatro Santo Agostinho; acho que pelo título já dá pra entender do que se trata né? A peça em si é divertidíssima, as atrizes são ótimas, a montagem da peça extremamente bem feita, só tenho elogios a fazer.

Apesar de elementos modernos, como menções ao Facebook, tanto o assunto como as situações vividas pelas personagens são na verdade milenares, tanto que podemos encontrá-los na literatura de séculos passados, como Jane Austen, em Orgulho e Preconceito, a personagem Lizzy é enganada pela sua própria cegueira ao acreditar que o Sr. Wickham é um homem maravilhoso, quando na verdade é um enganador de marca maior. Mas porque as mulheres se deixam levar por essa cegueira , decidem fingir que não enxergam as coisas ruins e se apegam àquilo que desejam acreditar que é bom?

Sinceramente ainda não sei a resposta para esta pergunta; eu acredito ser uma mistura de baixa auto-estima em alguns casos, puro orgulho, medo de nunca mais encontrar alguém e ficar pra titia, e às vezes, burrice pura mesmo. Acho engraçado como pessoas de fora do relacionamento raciocinam melhor sobre ele do que a pessoa que está nele, "meu, você merece mais do que isso!" .."ahhh mas..", é interessante como a pessoa consegue se segurar num detalhe mínimo e fazer disso a salvação de tudo.

O interessante da peça, é que todos riem porque se identificam com a situação, ou já passaram por aquilo ou já viram alguém que passou, é um assunto bem complexo, tratado com muito humor!

Na minha opinião, não importa qual foi o motivo que te deixou cega (ou cego, eu sei que isso tudo não é vivido só por mulheres não!!), o que importa mesmo é que você aprenda com o que passou e amadureça na próxima relação.

Para quem quiser prestigiar a peça, ela estreará novamente em agosto.

Mais detalhes:

Mulher Burra - Entenda por que sua inteligência diminui quando você se apaixona
A peça conta a história de Juliana, Renata e Carolina, mulheres por volta dos 30 anos, separadas, solteiras ou enroladas, com a vida profissional estabilizada, que não se cansam de experimentar e errar em busca de um grande amor. Para essas mulheres o que importa mesmo é a jornada, ainda que dolorosa e cômica em busca do par ideal. Contando e ouvindo histórias essas mulheres não querem perder a oportunidade de entender e de fazer entender por que a inteligência feminina diminui quando se apaixonam. De uma forma muito leve e divertida, mas também realista e tocante, a peça fala do amor e das conseqüências dele. Tudo isso com o conhecimento de causa de quem realmente entende do assunto.
Texto: Carla Araujo e Lígia Hsu.
Direção: Karina Barum.
Elenco: Carla Araujo, Lígia Hsu e Daniela Dams.