quarta-feira, 1 de julho de 2009

Universidade Pública. Ainda vale a pena a batalha?

Durante minha passagem da oitava série para o colegial, conversei com várias pessoas que conheciam alguém ou que realmente estudaram em escola particular; não sei se foi uma questão de azar da minha parte, mas nenhuma dessas pessoas tinham passado de primeira num vestibular para faculdade pública, muitos fizeram ou ainda faziam 1, 2, 3 anos de cursinho. Cheguei à uma conclusão que valia mais a pena economizar as mensalidades do ensino médio particular e escolhi estudar em escola pública, que, além de ser "grátis", ainda traziam outras vantagens para os alunos.

Honestamente, questiono se a qualidade do ensino de universidades públicas é tão melhor assim. Acho que o que mais atrapalha numa faculdade particular, é o fato da super facilidade de se passar no vestibular. Várias pessoas que resolvem cursar já não estudam há vários anos e por isso precisam de um lembrete, tem mais dificuldade de assimilar as coisas e, na minha opnião, é isso que atrapalha o andamento da matéria, coisas que são básicas, são fáceis para aqueles que acabaram de sair do colegial, mas tem que ser revistas por aqueles que saíram há 20 anos atrás, talvez fosse uma questão de ter aulas separadas para tais alunos, mas tudo isso não torna a qualidade do ensino ruim.

Eu decidi fazer um curso tecnólogo (de menor duração) na UNIP e estudar para a FUVEST nesse meio tempo, foram dois anos que eu poderia ter preferido fazer cursinho, e quem sabe se eu já teria conseguido. Terminei uma faculdade, e durante esses anos eu vi que a qualidade do ensino particular não é tão ruim como pintam. Vários dos meus professores davam aula na UNICAMP, trabalham na área, a grade tinha matérias super interessantes e importantes; isso tudo me fez pensar em qual era a grande diferença da USP, talvez o nome no currículo e só.

Com o PROUNI, acordos financeiros, bolsas de estudo, será que ainda vale a pena gastar tempo e dinheiro com cursinho? Ainda vale a pena passar anos tentando passar no vestibular para estudar em faculdades públicas quando já se podia estar recebendo seu diploma?

4 comentários:

Juliana Amaral 2 disse...

Particularmente, nunca quis fz publica. Ficava longe de casa e pra áreas como a minha (marketing) não são boas. Fora que vc tem que ficar integral na escola e ai baubau chances de trabalhar.

Mas eu penso que tudo depende do seu curso Ana. Poucas pessoas tem capacidade de pagar 2500.00 por mes num curso de medicina.

Não questiono, pra mim,publica ainda é muito melhor... mas sinceramente, no mercado de trabalho um diploma é apenas um diploma.

portanto...

Dane-se! Rs.

bjos

Coringa disse...

Oii !
Estou abringo um blog de vendas de cosméticos NOVOS..
e divulgando !

passe lá e fique a vontade !

Beijãão

http://coringablogger.blogspot.com/

Ju Morena disse...

Olha.. teho uma prima que fez 6 anos de cursinho para passar em medicina!! E no fim, ela desistiu e tentou pra odonto, e passou. Meu, ela já poderia ter terminado... porque o que minha tia gastou com cursinho, dava pra ter pago melo menos metade da faculdade. Sei lá... No meu caso, eu fiz dois meses de cursinho e acabei prestando Mackenzie no meio do ano e passei (tinha 325 lugares, fiquei em 324o... mas tinha gente da minha turma que passou em 2a. ou 3a. chamada). Decidi fazer, do que esperar até o final do ano, prestar USP e não passar. Eu também fiz colegial técnico, ou seja, não tinha muita base pra USP (prestei no ano anterior e acertei só 40 questões). Pelo menos passei no Mack, que não é tãaao fácil assim.
Outra coisa: quando vêem o nome da universidade no seu cv, é mais fácil de chamar pruma entrevista e tal, mas com certeza, o que faz te contratarem mesmo, quando se consegue a entrevista, é O BRILHO NOS OLHOS, a vontade de trabalhar NAQUELE lugar. Porque mesmo se você não sabe muito, mas se esforça pra aprender, isto vale a pena.

Mil beijos!!

Fábio disse...

Orra Ana, interessante seu post! Ó, eu conheço muita gente que estudou em escola paga (das boas) e passou de primeira numa grande faculdade publica... logo, percebe-se que Geralmente:

Pobre estuda em escola de graça e paga facul... rico paga escola pra nao pagar facul!

Logico q há excessões! Mas em suma, é isso que acontece. Por isso que eu acho o Brasil um país engraçado...

Eu acredito que as grandes faculdades publicas são melhores nos cursos que elas dão mais valor! Assim como as pagas fazem. Um exemplo, na Unicamp, o curso de Fisica é um dos melhores do Brasil!!! Mas faça Filosofia lá que vc achará que a facul nao presta pra nada... não é o forte deles.

O esquema é vc procurar se informar e descobrir as melhores instituições pra sua área desejada ;D .. fica ae a dica!

Bjos garotas :*