segunda-feira, 19 de maio de 2014

Kindle Paperwhite - Review

Recentemente o meu local de trabalho mudou; de uma hora que eu levava para ir e voltar, agora levo de duas para mais horas, dependendo do trânsito; por volta de 5 horas do meu dia, fico sentada na poltrona de um ônibus e portanto achei necessário utilizar esse tempo de uma maneira útil.

Claro que dormir era uma opção legal, mas ao passo que tenho pouco tempo livre quando chego em casa, gostaria de aproveitar melhor, portanto, achei que a melhor opção era aproveitar para...ler! Eu tinha vários PDFs de livros técnicos que eu precisava iniciar a leitura, sem contar que comecei também uma pós-gradução, ou seja, as 5 horas que obrigatoriamente passo sentada no ônibus cria o espaço perfeito para colocar toda essa leitura em dia.

Primeiramente, pensei logo numa tablet, mas ao expressar em voz alta a minha idéia, me perguntaram: "não seria melhor um kindle?", pesquisei e amei! 



Vantagens

-
Em especial do modelo Paperwhite, como eu entro no ônibus de madrugada e volto à noite, eu não conseguiria ler um livro normal ou imprimir os PDFs e ler no papel, iria precisar deixar a luz do ônibus acesa ou daquelas lanterninhas de leitura; o Kindle Paperwhite é o único modelo que possui um sistema de iluminação própria; 

- Cabem em média 1000 livros dentro de um kindle, achei isso ótimo porque se eu estiver lendo algo que não está agradando no momento, posso trocar a leitura em um instante, o que não é prático fazer com livros "normais" pois não dá pra carregar muitos na mochila;

- Fora o espaço na mochila, a questão economia de espaço também é algo a se considerar em casa, muito melhor ter 30 livros em um pequeno dispositivo do que ter que pendurar uma prateleira a mais na parede do seu quarto. 

- Economia de papel e tinta de impressão também é algo para se levar em consideração, além do fato de quando leio alguma matéria de algum curso ou livros técnicos, gosto de fazer anotações, e com o kindle é possível você selecionar uma parte do texto e fazer anotações (ele inclusive cria uma pasta só com as anotações que você fez, organizando por arquivo e página ainda!).

Então, porque não um tablet?

Essa era a pergunta que muitos fizeram quando falei que iria adquirir um kindle e a minha resposta convenceu mais pessoas de que o leitor digital é uma coisa maravilhosa e que, para leitura, é melhor que um tablet, porque:

- A tela do kindle simplesmente parece um papel, achei incrível quando me mostraram! Com isso, não cansa a vista, mesmo o kindle paperwhite com a luz acesa (vai dizer que você nunca ficou com a vista cansada ao ficar muito tempo olhando para a tela de um tablet? E quando a pessoa sentada do seu lado no ônibus está lá olhando o facebook no tablet ou iPhone e fica aquele brilho irritante na sua cara?)

- O propósito do kindle é a leitura, nada de distrações com joguinhos ou mensagens de grupo no whatsapp (eu pelo menos acabo perdendo muito tempo com essas distrações e muitas vezes acabo nem fazendo o que eu tinha mesmo que fazer)

- A bateria do deste leitor digital promete durar até oito semanas, com a estimativa de meia hora de uso por dia, e um tablet, deve durar no máximo umas 3 horas com uso intenso? Eu já fiquei presa no trânsito por 4 horas, com certeza iria acabar ficando na mão.

E no final das contas? É tudo isso mesmo?
Sim! O Kindle Paperwhite entrou para a lista das minhas melhores aquisições, porque:

- Já vai completar um mês que tenho e a bateria ainda não acabou, usando pelo menos 3 horas por dia;

- Mesmo com a luz acesa, a tela continua parecendo um papel, realmente não cansa minha vista;

- Todos os modelos do kindle possuem um dicionário embutido, basta tocar na palavra e um dicionário já abre, se você estiver online, ele também te dá a opção de ver o tema na Wikipedia;

- Você pode organizar os livros em coleções, criando uma pasta que você pode identificar como quiser, como temas, ou autor, por exemplo;

- Dá para aumentar ou diminuir a fonte do texto;

- Você pode colocar PDFs no dispositivo, a experiência de leitura não é exatamente a mesma, mas converter para .mobi funciona muito bem!

- Ler quadrinhos no kindle paperwhite é possível! Eu ainda converti um arquivo .cbr para .mobi e funcionou perfeitamente! 

Eu só tenho pontos positivos para dar, até agora não encontrei um negativo.

Além do kindle, existem também outros tipos de leitores digitais, como o seu maior concorrente no Brasil, o Kobo, o preço é o mesmo, acho que nesse caso vai do gosto do freguês. 

Links úteis

Veja um review do kindle paperwhite feito pela techmundo no youtube:
https://www.youtube.com/watch?v=sXUlczn87R4

O lugar mais barato que eu achei para comprar:
http://www.girafa.com.br/pesquisa/?q=kindle%20paperwhite&ordem=mais-visualizados



Espero que eu tenha ajudado na sua decisão! Boa leitura!!












quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Esmaltes hipoalergênicos + 3 free + cruelty free

Olá pessoal!

Recentemente descobri, através de um teste de contato, que sou alérgica a formaldeído e tolueno; essas duas substâncias são encontradas em muitos cosméticos, inclusive, em esmaltes. Estranhei muito quando vi esse resultado no exame, nunca tinha imaginado, e nem percebido, que um esmalte poderia causar uma reação alérgica.

De acordo com a dermatologista Helua Mussa Gazi (Veja entrevista e mais sobre o assunto: http://br.mulher.yahoo.com/saiba-o-que-o-os-esmaltes-3-free-113100689.html?page=1), o seu organismo vai se tornando sensível à estas substâncias com o tempo, ou seja, mesmo que hoje você não seja alérgica, existe o risco de vir a ser no futuro, portanto, é legal alternar o uso dos esmaltes com os hipoalergênicos e os "3 free".

Mas existe diferença?

Existe sim! A diferença entre eles é que os hipoalergênicos são livres de tolueno e formaldeído, já o 3 free está livre desses dois e também de DBP que é uma outra substância potencialmente alergênica. 


No link abaixo você pode conferir uma lista de esmaltes hipoalergênicos e 3 free: http://br.mulher.yahoo.com/saiba-o-que-o-os-esmaltes-3-free-113100689.html?page=1

Eu já usei alguns desta lista, como o Mohda, Hits e os da linha Verniz & Cor da Colorama, que não são caros.

Cruelty Free

Recentemente, tenho procurado produtos que são Cruelty Free, ou seja, produtos que não foram testados em animais e encontrei uma lista com esmaltes neste link: http://www.unhabelaesmaltes.com.br/pagina/35ee/o-que-e-cruelty-free. Fiquei muito feliz em encontrar a Hits e a Revlon nesta lista, que são as minhas marcas preferidas na linha 3 free e hipoalergênica.

Se você encontrar um produto com o símbolo acima, significa que ele é Cruelty-Free =)